Leonel Nunes

Leonel Nunes

Música Popular Portuguesa

Sobre

Leonel Nunes é natural de uma pequena aldeia perto da cidade da Guarda chamada de Repoula e conta com mais de cinco décadas de vida. Desde muito cedo revelou gosto pela música, tendo já herdado esse bichinho do seu pai, que já tocava concertina e acordeão pelas adegas e tabernas da aldeia.

Filho de uma família humilde, apenas adquiriu o seu próprio acordeão na tropa. Durante alguns anos foi construtor civil, mas a música e os bailaricos começavam a tomar algum relevo, e então a aproximadamente 30 anos, dá-se a escolha e dedica-se por completo à música.

Já soma dezenas de trabalhos editados, alguns deles muito reconhecidos a nível nacional como “Mulher Ingrata”, “Porque não tem talo o nabo”, “Pau de Roupa”, “Tomates do Meu Irmão”, “O Bombeiro” ou “Toca o Meu Badalo”.

Sempre acompanhado pelo indispensável garrafão que tem sido o seu acompanhante imprescindível e colega de palco em todas as atuações feitas por este nosso país fora, Leonel Nunes até tem por hábito dizer que: "quanto melhor o vinho, melhor a música".